sábado, 1 de novembro de 2008

Ainda

´

Difícil brotar e deixar correr o rio pelo desencanto que a noticia lhe trouxe.
Desde que soube não consegue fluir pela vida despreocupadamente.
Esta pessoa é demasiado importante para que consiga dormir após o sucedido.
Há doenças lixadas que estilhaçam a vida a todos os que se cruzam com elas.
Ontem era menina viva. Cantava, ria, brincava. Corria.
Ontem crescia igual, parecia, a outras meninas.
J. nasceu em Janeiro. Mês primeiro de cada ano. O inicio, o começo, a alvorada.
O sorriso da J. parecia tudo isto.
Neste momento a espera incerta de como J. renascerá.
Tem sido difícil...

´

4 comentários:

Gi disse...

Achas que pensamento positivo pode ajudar?

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Votos para que tudo termine bem!

O Fantasma e o Anjo disse...

Força...beijo e abraço

MAria tardIA disse...

Obrigada amigos.

Gi,

infelizmente não chega só o pensamento positivo (embora possa ajudar...!?!?!)
Existem "males" para a vida e este veio para ficar !?!?!!!!!!!!