quarta-feira, 19 de novembro de 2008

ReVoLUtioNe

´
do s. f.,
acto ou efeito de revolver ou de revolucionar-se;
sublevação;
insurreição política;
giro;
tempo gasto por um astro a percorrer a sua órbita;
rotação;
´
fig.,
insurreição que tende a modificar a política ou as instituições de um Estado;
perturbação moral;
indignação;
nojo;
repulsa.
´
´
´
´
´
talking about a revolution
tracy chapman
´
´
Don’t you know
They’re talkin’ bout a revolution
It sounds like a whisper
Don’t you know
They’re talkin’ about a revolution
It sounds like a whisper
´
While they’re standing in the welfare lines
Crying at the doorsteps of those armies of salvation
Wasting time in the unemployment lines
Sitting around waiting for a promotion
´
Don’t you know
They’re talkin’ bout a revolution
It sounds like a whisper
´Poor people gonna rise up
And get their share
Poor people gonna rise up
And take what’s theirs
´
Don’t you know
You better run, run, run, run, run,run,
run, run, run, run, run, run
Oh I said you better
Run, run, run, run, run, run,
run, run, run, run, run, run
´
Finally the tables are starting to turn
Talkin’ bout a revolution
Finally the tables are starting to turn
Talkin’ bout a revolution
Talkin’ bout a revolution
´
While they`re standing in the welfare lines
Crying at the doorsteps of those armies of salvation
Wasting time in the unemployment lines
Sitting around waiting for a promotion
´
Don’t you know
They’re talkin’ bout a revolution
It sounds like a whisper
´
Finally the tables are starting to turn
Talkin’ bout a revolution
Finally the tables are starting to turn
Talkin’ bout a revolution
Talkin’ bout a revolution
Talkin’ bout a revolution
´
´´
´´
´
´
Louvor do Revolucionário
´
Quando a opressão aumenta
Muitos se desencorajam
Mas a coragem dele cresce.
Ele organiza a luta
Pelo tostão do salário, pela água do chá
E pelo poder no Estado.
Pergunta à propriedade: Donde vens tu?
Pergunta às opiniões: A quem aproveitais?
´
Onde quer que todos calem
Ali falará ele
E onde reina a opressão e se fala do Destino
Ele nomeará os nomes.
´
Onde se senta à mesa
Senta-se a insatisfação à mesa
A comida estraga-se
E reconhece-se que o quarto é acanhado.
´
Pra onde quer que o expulsem, para lá
Vai a revolta, e donde é escorraçado
Fica ainda lá o desassossego.
´´
´
Bertold Brecht,
in 'Lendas, Parábolas, Crónicas, Sátiras e outros Poemas'
´
´
Que me desculpem mas hoje estou mesmo assim!
´
´

1 comentário:

Vekiki disse...

Eu adoro revoluções
Adoro ser revolucionária
nem sempre consigo
tento sempre
beijo